O Malmequer está de Parabéns! São 10 anos a escrever para vocês – quem é que acompanha desde os tempos do Sapo? – e a dedicar muito de mim a este cantinho.

Achei que uma década de blog merecia uma comemoração em grande: com fotografias da Kat V, com bolo da Cupcakes Bazaar e com toda uma nova roupinha! Mudámos de casa e mudámos o aspecto – depois de longas semanas a editar e a personalizar para ficar ainda mais eu.

Tudo isto começou no meu primeiro ano da faculdade, quando senti que estava muito aborrecida e precisava de algo extra para me motivar e me ocupar fora de aulas. Tinha lido um livro, na altura do natal, sobre a minha área de estudo (ainda se lembram, a Psicologia?) e que me marcou imenso. Fala de adolescentes, de problemáticas infantis, de tudo aquilo que eu um dia gostaria de trabalhar. E o livro chamava-se… Malmequer. Pensei no livro dias a fio e aquele nome não me saia da cabeça.

Nunca este blog teve a pretensão de ser um blog de psicologia – no no no. Mas é esta a história por trás do nome… Nada glamorosa, hein?

Já foi o meu diário onde desabafava todos os meus problemas e o meu dia-a-dia. Já foi uma espécie de diário gráfico onde partilhava as minhas inspirações. Evoluiu para o que é hoje em dia, mesmo tendo passado por uma fase muito forçada em que queria – à força, passando a redundância – ser e fazer mais do que se fazia.

Hoje em dia, o Malmequer é, sem dúvida, uma extensão de mim mesma e a minha versão favorita dele mesmo. Onde falo do que quero, como quero e da forma que mais quero. E fico muito feliz por saber que se mantêm desse lado.

E obrigada por isso. Obrigada a quem me inspira, a quem se inspira em mim e a quem faz com que este espaço ainda continue a ser uma fonte de leitura. Claro que tenho um miminho guardado para vocês… Mas esse chega amanhã. E preparem-se: é dos bons e envolve os meus queridinhos de beleza!