Hoje não vos trago um apartamento. Decidi focar-me numa só divisão: o quarto. É a nossa zona mais pessoal de toda a casa, principalmente se não vivemos sozinhos. É lá que guardamos todas as nossas coisas, que vivemos os nossos momentos, que passamos as nossas noites. 
Eu adoro o meu quarto. Acho que foi das coisas que tive mais saudades enquanto vivi em Itália. Não é grande e nem está sempre arrumado… Mas é o meu quarto. Decorado em tons de bordeaux, com Nova Iorque a cobrir-me uma das paredes e uma imensidão de amigos meus a cobrir outra. Tenho roupa por todos os lados e a minha sapateira já não aguenta mais sapatos lá dentro. A cama conta com cinco almofadas e, normalmente, com o meu gato lá em cima, como se fosse parte da mobília. E confesso que, apesar de estar bem em Portugal, volto a ter saudades do meu quarto. Ando tão cheia de trabalho para a faculdade que o tempo que aqui passo é praticamente para dormir e pouco mais. O cansaço também não ajuda e o tempo livre, acaba por ser sempre para dormir. A minha cama é demasiado confortável para perder apenas 5 horas de sono aqui. Mas até 3 de Junho, parece que não haverá outra alternativa.
Mas, do que vos mostro, acho que escolhia o primeiro ou o último. Ou aquele que tem o fundo da cama em rosa. Ou o da manta roxa… Qualquer um deles, neste momento, seria bem vindo. E também, se não tivesse gostado deles, não vos tinha mostrado, right?
E vocês, qual o quartinho que escolhiam para passar a noite de hoje?