Há precisamente um ano, estava tudo a começar. Estava eu no aeroporto lavada em lágrimas por ver a família a ficar lá atrás… Enquanto isso, estavam mais uns dois ou três rapazes a despedirem-se da família e na mesma condição que eu. As imensas malas que cada um tinha revelava bem isso… Começava aquela que posso chamar, até agora, a melhor aventura da minha vida. Para quem me acompanha desde o sapo sabe do que estou a falar – o meu erasmus em Itália. Conheci pessoas para a vida, festejei tudo o que havia (e o que não havia!) para festejar, conheci uma grande parte do país (e Budapeste) e vivi momentos que nunca mais irei esquecer. Não teve um início fácil… Nunca é fácil deixar tudo para trás e apostar em 6 meses de vida desconhecida e sem rede de segurança. Mas no final, também não foi nada fácil voltar para casa sabendo que a minha vida daqueles 6 meses, nunca mais seria recuperada.

Não vale a pena voltar a repetir tudo o que vivi, até porque isso podem ler neste post. Mas não podia deixar passar a data em branco. E como sei que há muitas meninas por aí a entrarem agora na faculdade, se puderem, aproveitem para ter uma experiência tão boa como a minha e façam Erasmus. Não se irão arrepender nem um bocadinho!