Se há coisa que me delicio a ver nos blogs são recomendações de sítios novos. Gosto de ler as opiniões e ficar curiosa quanto aos sítios que visitam. E há muitos locais que já visitei – e outros quantos que quero conhecer – graças às opiniões espalhadas por aí.
No fim-de-semana experimentei um restaurante que não conhecia e tinha de o partilhar com vocês – o Bem-Me-Quer, em Lisboa. E o nome não podia ser mais bonitinho não é? Não fosse ele semelhante ao nome aqui do cantinho! 

Adoro descobrir estes cantinhos novos recheados de comida boa. E é de louvar que existam, cada vez mais, restaurantes vegetarianos espalhados pela nossa capital! Já chega de comermos omoletes, sopas e saladas quando queremos comer pela cidade.
O local é super agradável – está todo decorado em tons de verde e laranja e tem uma coisa que eu adoro nos restaurantes: imensa luz! Torna o local muito mais agradável e acolhedor. A ementa (quinta imagem) está escrita na parede, numa ardósia, a giz, o que é uma ideia bastante gira. Existem uns quantos pratos fixos, mas têm uma ementa diária recheada de coisas boas e muita variedade. Têm também uma zona de leitura, com um sofá e umas revistas e livros.
No piso superior têm ainda uma mercearia biológica. Nesta podem encontrar imensos legumes e frutas de cultura biológica. 

E falemos de comidinhas. Posso vos dizer que o Bem-me-quer entrou para o meu top de restaurantes vegetarianos! A comida é deliciosa. Muito saborosa e muito bem preparada! 
Na imagem têm o meu almoço – Picadillo a Habanera – que é um prato tipicamente mexicano com soja fina, chouriço de soja, pimento e cebola, acompanhado com feijão preto e arroz integral. Pedimos ainda um outro prato – Moussaka de Beringela – que é uma espécie de lasanha com beringela, mas a variedade era imensa, como Pastel de Queijo de Cabra, Strogonoff de Seitan e Lasanha de Vegetais. 
E tenho de vos falar das sobremesas. Na imagem têm um crepe de requeijão com nozes e mel e um bolo de chocolate, que eles apelidam como o bolo de chocolate mais feio de lisboa. Quanto a crepe, até eu que não gosto de mel, me deliciei. Já o bolo de chocolate… Bem, para quem conhece o melhor bolo do mundo, este é muito, mas muito melhor. Sim, o aspecto não o torna o mais bonito, é verdade… Mas é uma delícia. Parece que estamos a comer mousse de chocolate! Nham! 
No final, com bebidas, sobremesas e café, rondou ± os 12€ por pessoa, o que é bastante acessível tendo em conta que os restaurantes vegetarianos costumam ser bem mais caros – e não compreendo o porquê. 
Se quiserem uma experiência diferente, podem sempre experimentar ainda os jantares às escuras, onde o paladar é posto à prova, ou ainda as várias actividades que nos propõem! 
O restaurante fica na Av. Almirante Reis, 152. Passem por lá e conheçam o espaço. Aposto que vão gostar! 
Facebook & Site do restaurante

Tags