Eis que a minha Lana está de volta. E logo com uma das minhas músicas favoritas dela e com um vídeo que lhe faz toda a justiça.

Digam o que disserem, estas letras são tão profundas e tão cheias de sentimento que é impossível ficar indiferente. Ou então sou apenas eu que me revejo em cada verso desta música, sem excepção.

Continuo a estar extremamente encantada com ela, caso ainda não tenham percebido. Ainda não me cansei do álbum, ainda não me passou a febre da Lana e continuo a borrifar-me para o hype todo em torno dela. E parece-me que continuará assim nos próximos tempos.