Os produtos foram gentilmente cedidos pelas marcas. No entanto, a minha opinião é pessoal e imparcial.

Eu juro que tento viver sem utilizar base… Mas há sempre algo em mim que me obriga a ter uma fina camadinha de base para a maquilhagem. As minhas preferências são sempre idênticas e inclino-me sempre para bases de cobertura leve a média (que possam ser trabalhadas), com uma boa durabilidade e que sejam oil free. Sou fiel a algumas fórmulas (♥ Chanel Vitalumiere Aqua ♥) mas gosto de ir alternando e perceber como é que a minha pele fica com várias fórmulas e texturas.

Quero falar-vos de três diferentes que tenho utilizado nos últimos tempos e que, inevitavelmente, têm sido parte do meu dia-a-dia:

#1. // Dermablend da Vichy 
Falei-vos desta base nos Queridinhos de Janeiro e continua a fazer parte dos meus favoritos, na verdade. É uma base que fica super levezinha no rosto, mas por ser super rica em pigmentos acaba por ser de alta cobertura – o que é óptimo!
É uma textura em gel que fica quase com uma finalização de pó no rosto, sem precisarem de a matificar. Tem SPF 35, o que também é um bónus!

#2. // Teint Idole Ultra Wear da Lancôme
Se não encontram o vosso tom em nenhuma base, garanto-vos que nesta vão encontrar! É a nova base da Lancôme e está disponível em quarenta cores (40!) desde os tons mais clarinhos aos mais escuros.
É a base que tenho usado quando sei que vou ter um dia longo e quero que a minha pele dure o mais perfeita possível, durante o máximo de tempo possível. Sei que vou ter que a matificar ao longo do dia, mas tem um tom tão bonito, é tão leve na pele e oil free que compensa acrescentar um pózinho ao longo do dia.

#3. // Teint Pores et Matité da Clarins
Foi a primeira vez que experimentei maquilhagem da Clarins (vá, os Instant Light não contam!) e foi uma conquista. À primeira a base pareceu-me demasiado espessa e difícil de aplicar. Mas confesso que foi numa manhã de correria e relativizei a coisa… Resolvi tentar novamente na semana passada e, adivinhem? Rendi-me.
É indicada para peles mistas porque tem uma componente matificante, mas com os os extractos de salicónia bio, a hidratação está sempre assegurada. E depois de lhe tomar o jeito, com o pincel, a base nem parece nada espessa porque aplica-se super facilmente.

SHOP THE POST