Embora já esteja um pouco mais livre e com tempo para estas coisas, não tenho visto tantos filmes como queria. Só depende de mim perder duas horas por dia, mas o tempo tem sido sempre ocupado com outras coisas. Mas hoje trago-vos dois filmes que me deixaram a pedir por mais…
To Rome With Love – como fã que sou de Woody Allen, andava mega curiosa para ver este filme. E sabendo que o enredo se passa em Itália, o meu segundo país do coração, a vontade de o ver era maior ainda. E talvez por isso tenha posto a fasquia demasiado alta. Retrata quatro pequenas histórias que acontecem em simultâneo na cidade eterna, em Roma. Como tem feito nos últimos filmes, Allen mostra-nos todos os recantos da cidade como se estivéssemos por lá. Mas fora isso, torna-se um filme maçador e confesso, um tanto confuso, com histórias com pouco nexo. Não é desagradável de se ver – nem que seja só por ter ouvido tanto italiano novamente – mas esperava mais. Muito mais.
Looper – não sei bem porquê, já não ia ao cinema há bastante tempo. E acabei por ir ver este filme influenciada pela companhia. Não desgostei, digo-vos. Mas acabei o filme a pensar “Ok… Tanta coisa para isto?”. É uma boa história de ficção científica, sem dúvida alguma. Mas é demasiada história. E com o passar do filme acabamos por nos perder em tanta informação e tanto detalhe. De tal forma que o desfecho parece tão vazio, tão simples para algo tão complexo… Se é um mau filme? Não, de todo. Mas é um filme que nos deixa ansiosos e que, depois de tudo, deixa é um grande vazio. Há que reconhecer a maravilhosa prestação do Joseph Gordon-Levitt que, neste filme, mostra que consegue ir muito além do adorável Tom do (500) Days Of Summer.
No entanto, recomendo ambos. Nem que seja para contrariar a minha opinião! Mas quero saber sugestões. Quero filmes novos e diferentes por isso, deixem-me as vossas sugestões de filmes a ver neste fim-de-semana!