Confesso que não sou a maior frequentadora do Strada Outlet, mas fiquei positivamente surpreendida com a quantidade de lojas bem recheadas que encontrei na sexta-feira passada. E resolvi mostrar-vos algumas das peças que trouxe comigo, para vos provar que num outlet também se fazem bons achados! 

Raramente entro numa Lefties porque existem poucas no centro de Lisboa. Há uma nova no Colombo, mas a verdade é que não é das minhas lojas de eleição. E não sei porquê – porque encontrei coisas bem giras, como este casaco de padrão étnico óptimo para esta meia-estação e as jeans pretas de cintura subida e bainha desfeita (lembram-se?).

Já na Mango encontrei uma camisa de riscas azul e branca que procurava há meses! Foi a primeira peça que vi e fez-me logo ganhar a noite. Trouxe ainda um sobretudo bege que hei-de vos mostrar em breve!
Não me fiquei só pela roupa… Na Kiko aproveitei para reabastecer o stock de uma das minhas bases favoritas, que estava mesmo a terminar, a Universal Fit. Na Perfumes & Companhia encontrei um dos novos batons da Clinique, o Pop Glaze no tom Liquorice Pop – um brilho bordeaux fácil de utilizar no dia-a-dia. 
E mesmo antes de me vir embora, resolvi passar na Nike porque têm sempre os melhores descontos. Lembro-me que das últimas vezes que fui ao Strada foi para ir de propósito à Nike. Estes Air Max Thea custam, habitualmente, 125€, e eu consegui-os por 40€! Já para não falar na imensa roupa de treino com preços bastante acessíveis e com a qualidade excelente que tem. 
Prometo mostrar-vos tudo isto a uso, brevemente! Até porque a meia-estação pede tudo isto!