É-me muito difícil escolher o meu local favorito em Nova Iorque.
Disse-vos que adorei o Top of The Rock mas, a verdade é que deixei cair
umas lágrimas ao ver estas fotografias…

Antes de ir, diziam-me que era um desperdício de tempo atravessar a Ponte de Brooklyn a pé. Mas, ainda assim, resolvemos arriscar. Fomos de metro até Brooklyn e atravessámos a pé no regresso para Manhattan – que, na minha opinião, é a melhor forma de o fazerem porque têm toda a vista para a ilha.

E se há uns anos Brooklyn era a filha feia da cidade – lembram-se quando a Miranda não queria, de todo, procurar casa daquele lado da cidade? – hoje em dia é um dos lugares mais cool onde se encontram as melhores lojas e o melhor espírito. E isso sente-se mal se chega ao Dumbo, onde estas fotos foram tiradas.

Desculpem-me a modéstia, mas são das minhas favoritas de toda a viagem. Acho que a minha felicidade estava a mil, neste dia, e isso transparece.

Se é uma travessia cliché? É. Se todos os turistas o fazem? Sim, fazem. Se, ainda assim, continua a ter todo o encanto? Sim, sim, sim. E atravessem porque vale bem a pena… Nem que seja só para encontrarem a Egg Shop no final da ponte, que é maravilhosa!