CENTRAL PARK
Da 59th St. à 110th St.,
New York, NY

Mais uma semana e mais um post sobre a minha Nova Iorque. Hoje vamos passear até ao lado verde da cidade, até ao Central Park.

O super jardim da cidade, ocupa uma boa parte da ilha de Manhattan, estando em mais de 50 ruas entre algumas avenidas. É, sem dúvida, o pulmão da cidade e uma zona de calmaria no meio dos imensos arranha-céus e da confusão da cidade. É aqui que vão encontrar pessoas a correr, a almoçar, a estudar, a dormir, a passear, a jogar basquete, a passear de canoa… Um sem-fim de coisas!

O parque parece ser natural mas não é… Está ajardinado na sua grande maioria e todos os seus lagos são artificiais. Mas não acho – de todo – que isso lhe tire a sua beleza. Até porque está cheio de espaços que vale a pena conhecer, com o Strawberry Fields, o memorial a John Lennon que tem sempre sempre sempre alguém a tocar as suas músicas. É algo de outro mundo…!

Aproveitem a ida ao Central Park para relaxar. Tirem uma manhã ou uma tarde para percorrerem os vários trilhos que existem ao longo do parque, com calma… Sabe bem quando se está a conhecer Nova Iorque – parar um pouquinho e absorver tudo. E, quem sabe, que tal uma voltinha de canoa? Era uma das coisas que ia na nossa bucket list, e por $15 (mais $20 de depósito) podem fazê-lo durante uma hora de viagem no lago, entre Abril e Novembro.

Claro que têm também quatro vias transversais se quiserem apenas atravessá-lo a direito. Mas isso é tirar-lhe todo o encanto… E este é um dos sítios onde eu me via a passear todos os dias, se vivesse nesta cidade. Um sossego único, sem dúvida!