Ganhei coragem e voltei a escrever sobre Nova Iorque. Passados três meses de ter pisado solo Americano, trago-vos mais um post dedicado à cidade que me roubou o coração.


E venho falar-vos de… comida! Não foi fácil reduzir duas semanas em apenas um post, mas consegui escolher apenas 12 sítios que têm que experimentar se forem a NYC!


1. // Dunkin Donuts – Quem não conhece estes donuts? Com imensas coberturas, com todas as cores e todos os toppings possíveis
e ainda com recheios deliciosos. O meu namorado não os conhecia e foi a
primeira paragem que fizemos. Uma caixa de seis para duas pessoas e
muita energia para conhecer a cidade a pé. Encontram vários DD pela
cidade e vai ser difícil resistir!

2. // Milk Bar
– Este estava na minha lista há meses, tudo graças a uma foto que a
Estée partilhou. É um gelado de leite de cereais, servido com topping de
cereais. Não é para todos os gostos – o meu namorado não gostou – mas
eu adorei. Cornflakes em modo gelado! Já para não falar que a loja é do
mais giro que há!

3. // Bluestone Lane – Pertinho do Central Park, num dia bem solarengo, comi a melhor tosta de abacate ever! Num espaço super giro – e um pouco overpriced – onde o brunch é rei. Mas não se enganem: não é como o brunch Português. É tudo pago individualmente e nada é a la carta. Mas vale muito a pena!

4. // Shake Shack
Foi o único hamburguer que comi em NYC – sim, ficou a faltar o Burger
Joint, que é apenas mais um motivo para regressar – e valeu por todos os
que não comi. É junk food no seu mais verdadeiro estado, mas as
filas de 15 minutos em plena hora de almoço provam que é tudo de bom. E
aquelas batatas fritas…? É tipo Starbucks – têm que provar se
estiverem na cidade. Têm que!

5. // Melt Bakery – Imaginem um red velvet em modo gelado. Mas agora imaginem esse gelado como uma ice cream cookie, com
uma bolacha super macia mas deliciosa e um gelado super cremoso. É isto
e eu queria trazer 30 comigo! Têm as lojas espalhadas pela cidade, mas
nada como os carrinhos de gelados parados pela rua. Recomendo o do
Highline, sem dúvida.

6. // Zuckers
– Adoro bagels. Cá ou lá, adoro. E tornaram-se dos meus
pequenos-almoços favoritos. Chegar a Grand Central Station, andar um
pouquinho e encontrar este sítio cheeeeio de bagels foi o sonho. Super
frescos e com imensa variedade.

7. // Brigadeiro Bakery
Encontrámos esta loja por mero acaso mas tínhamos que entrar – claro.
Imensas variedades de Brigadeiros e são mesmo como os ‘verdadeiros’,
cheios de sabor e com aquela textura característica. Apanhámos uma promo de oferta de um brigadeiro na compra de um café. Perfeito!

8. // Juice Generation
– E pouco antes de chegar ao Zuckers, os sumos saudáveis. Ficou a
faltar-me, também, o Jamba Juice, mas este encheu-me as medidas. Os
sumos são todos feitos na hora, prensados a frio e ali à nossa frente,
para que vejamos como tudo é preparado. Não é barato, mas compensa
porque percebemos que é tudo orgânico e da melhor qualidade.


9. // Starbucks 
Estar em Nova Iorque não é a mesma coisa sem um copo de café na mão. Se
é igual ao nosso Português? Nunca. Mas faz parte. E confesso que sinto
saudades de beber um, todas as manhãs. Faz-nos sentir verdadeiramente
nova-iorquinos!

10. // Egg Shop
– Mais uma descoberta via Instagram e das melhores talvez. Imaginem uma
loja pequenina mas com tudo super bem arrumadinho e com direito até a
mesa na montra – onde nós ficámos. Além disso, todos os pratos são
feitos com ovo nas mais variadas formas e tudo com um aspecto de babar
por mais. Eu optei por um de quinoa preta e espinafres, mas pudesse e
teria voltado lá todos os dias para experimentar todos os pratos!

11. // Sundaes & Cones
Queríamos um gelado na zona de Soho. O melhor amigo para estas
pesquisas? Instagram. E graças às fotos maravilhosas encontramos este
sítio. Gelados de lavanda, de lichia e outros sabores assim diferentes
mas óptimos, e sempre servidos em bolas gigantes!


12. // Pretzels – Comida de rua é o que não falta em Nova Iorque, mas nem tudo é bom. Esqueçam os hot dogs – são
pequenos, super caros e nada de especial. Mas se querem algo para
enganar o estômago e ajudar nas horas de caminhada pela cidade, têm que
se render aos pretzels. Comia um agora, de boa vontade…

Partilhem
comigo: quais são os sítios que eu tenho que experimentar na próxima
ida a NYC? Sim – o Burger Joint já está no topo da lista!

– 
Todos
os espaços têm os links do Google Maps para que possam construir o
vosso mapa de restaurantes e todos com as moradas dos espaços que eu
visitei.