Com a chegada dos dias mais quentes, chegam outras preocupações no que toca aos produtos de beleza. E, por isso mesmo, este mês fui buscar alguns favoritos antigos. Mas também dei espaço a umas quantas novidades!

1. Água Micelar da Corine de Farme – Desde que experimentei águas micelares que já não uso outro tipo de desmaquilhante. E depois de ter experimentado uma da L’Óreal que não reagiu muito bem na minha pele, voltei à minha zona de conforto e àquela que é a minha água micelar favorita. Com um leve odor, sem provocar qualquer tipo de ardor e indicada para peles sensíveis. A melhor!

2. Body Lotion Fig Fiction da & Other Stories – Habituei-me a usar este creme como after sun no último verão e, inevitavelmente, associo o seu aroma a praia! É claro que depois das primeiras idas à praia, tive de ir buscar esta loção corporal e já se tornou no meu aliado diário. E como tinha saudades deste cheirinho… É óptimo!
3. Parsley Seed Cleanse Masque da Aesop – Falei-vos desta máscara como um dos goodies que trouxe de Paris e, passadas duas semanas, posso dizer que estou mesmo feliz com ela! É cleansing ao ponto de nos assustarmos e ver o estado dos nossos poros ao final de 15 minutos… Mas conseguimos perceber quais as zonas da nossa cara que mais precisam de hidratação e a sensação de limpeza, depois de cara lavada, é óptima…!
4. Peach Daiquiri da Essie – Voltei ao meu verniz do verão! É capaz de ser das poucas cores que uso apenas para os dias mais quentes, mas não consigo evitar. Um coral que puxa mesmo a tudo o que o verão pede! E a qualidade que a Essie já me habituou e que eu adoro!
5. Rêve de Miel da Nuxe – Mais um dos meus aliados de Paris e que também me deixou rendida. Se querem um hidratante labial que dure e que faça o que promete, this is the one! Eu sofro imenso com lábios secos e gretados e ando sempre numa busca incessante por um bom hidratante. Já muita tinta rolou sobre este pote maravilha, mas o certo é que é tudo verdade! É maravilhoso e faz milagres. Hidrata durante imenso tempo e tem um aroma suave, nada enjoativo (era o meu receio, que odeio mel).
Quais foram os vossos favoritos este mês?

Tags