Estou de regresso da Holanda cheia de sentimentos positivos e já com vontade de voltar! Mas enquanto não vos mostro as fotos da viagem, venho falar-vos da mudança que o meu cabelo sofreu – ou terá que sofrer. Sempre o tive bastante longo e com aquele ar saudável que sempre desejamos. Mas, como disse aqui, não posso fiar-me só na genética e achar que o meu cabelo será sempre assim se não o tratar. E já começo a ressentir isso e a sentir que preciso de investir mais nos cuidados capilares.
Há uns dias tive a peripécia de queimar o meu cabelo e aí foi a gota de água. Resultado: está mesmo na altura de voltar a cortá-lo pelos ombros!
Eu sei que no verão queremos sempre ter um cabelo comprido e com aquele ar de acabado de sair da praia. Mas sinto que estou a cansar-me de o ter sempre tão longo e de o sentir estragado. E uma mudança nunca faz mal nenhum.
Mas desta vez a Inês, a minha cabeleireira, disse-me que estava a altura de começar a usar uns séruns, que seria óptimo para tratar estas pontas que, afinal, não estavam assim tão más quanto eu pensava. E eis que me apercebo que, se calhar, a minha rotina de sérum todas as manhãs anda meio esquecida… 
Está na altura de voltar a dar uso a estes três amigos que andavam meio esquecidos: o Cristalliste Sérum da Kérastase, o All Soft Argan-6 Oil da Redken e o Repair Rescue Sealed Ends da Schwarzkopf. Hidratar e reparar passam a ser as palavras de ordem. E claro, cortar com mais regularidade, que também ajuda muito à saúde capilar!

Tags