Se seguem o blog da Sara, já ouviram falar do treino Insanity. A Sara começou o treino e já o relatou várias vezes, inclusive com o seu relato do primeiro mês de treino (aqui). E depois de falar com ela sobre o assunto, consegui ficar convencida e resolvi, também eu, alinhar neste programa mesmo insane.

Uma das minhas resoluções dos 24 anos era correr. Ok, let’s be honest here: isso não vai acontecer. Eu sou a pessoa que corre para apanhar o comboio e fica sem folego. Tudo bem que é algo que se ganha com o tempo, que se cria resistência… Mas e até lá? Vou chegar todos os dias a casa com os pulmões cá fora?… Não me parece. E foi aqui que o Insanity veio encaixar perfeitamente. No fundo, a resolução passava por tornar-me mais activa fisicamente, não tendo de ser necessariamente pela corrida. E o facto de poder treinar em casa, de manhã ou à noite, dá-me uma motivação extra.

Se é fácil? Não vos posso dizer que é. Depois de terminar a minha primeira semana digo-vos que os meus músculos, principalmente os das pernas, queixam-se muito. Mas sinto que me faz muito bem, nem que seja só pela actividade extra no dia-a-dia. Não vejo resultados físicos para já – seria impossível. Mas acredito que com força de vontade e motivação, é mais fácil cumprir todo o programa. E eu estou motivada para, aliada a uma nova dieta, levar este estilo saudável durante um longo período de tempo. E o certo é que a balança já regista valores mais baixos! Mais alguém a querer experimentar este programa completamente insane? Preparem-se para suar, para reclamar e para querer desistir a toda a hora. Mas também para querer continuar e querer obter resultados!