Uma das perguntas que mais me fazem, sejam amigos ou leitores do blog, é “Que brunch me recomendas?” – e confesso que é sempre daquelas perguntas que me custa responder por ser tanta a variedade. E resolvi reunir 5 escolhas em Lisboa que, por algum motivo, considero serem muito bons!

1. // Leitaria Lisboa – Falei da Leitaria neste post e embora ainda não tenha lá regressado, continuo a considerar que a relação qualidade-preço é muito boa. Por 12€ conseguem ter um brunch para duas pessoas com o suficiente para encher o estômago. Rua da Artilharia 1, 87 A, Rato, Lisboa


2. // Tartine – Andava há, literalmente, anos para experimentar o brunch do Tartine. E só na Sexta-feira Santa o consegui fazer. É muito completo e tem um cesto de pães que é absolutamente divinal – não fosse o Tartine conhecido pela sua padaria. Mas os croissants são fenomenais… Só por isso, já vale bem a pena. Leiam tudo aqui, na minha crítica na Zomato. Rua Serpa Pinto, 15 A, Chiado
3. // Bica do Sapato – Situado numa zona privilegiada de Lisboa, a vista de Santa Apolónia melhora qualquer restaurante. E se tiverem sorte de apanhar uma manha solarenga, este (completíssimo!) brunch torna-se numa experiência ainda melhor! É capaz de ser o meu brunch favorito (leiam tudo sobre ele aqui) e os (quase) 30€ que pagam por ele, é muito justificado! Avenida Infante Dom Henrique, Armazém B, Cais da Pedra,Santa Apolónia

4. // Cais da Pedra – Este entra nesta lista meio a batota… Não é um brunch mas um pequeno-almoço. Mas é tão bom que não podia escapar desta lista. Além das panquecas maravilhosas que servem (um prato com cinco panquecas, morangos, banana, xarope de acér e açúcar em pó!) têm, para mim, os melhores ovos benedict & royal da cidade! São de chorar por mais… Avenida Infante Dom Henrique, Armazém B, Loja 9, Santa Apolónia

5. // Choupana – A minha relação inicial com o Choupana não era a melhor. E até lhe dar uma segunda oportunidade, demorou muito tempo… Mas as melhorias necessárias chegaram e vieram mudar completamente a ideia que tinha deste café girissímo. Está muito mais organizado e o brunch está mais completo e mais bem recheado. Já para não falar que os bagels são a cereja no topo do bolo – óptimos! Avenida da República, 25 A, Lisboa

São muitos os espaços que ainda estão por conhecer e muitos aqueles que quero adicionar à minha lista. E enquanto essa lista vai crescendo, eu vou actualizando a minha hashtag #mafnarotadobrunch pelo instagram! É uma forma fácil e rápida de encontrarem os brunches que ando a conhecer e que quero partilhar convosco.
E vocês? Quais são as sugestões de brunch que têm para mim?

Tags