No final do mês de novembro, rumei mais uma vez a Londres para ir ver uma das minhas bandas favoritas ao vivo. Nunca tinha feito isto – viajar para outro país para ver um concerto. Mas como sabia que Portugal não ia estar no mapa da banda e como Londres é sempre bonita de se revisitar, juntei tudo numa só viagem e voltei a uma das minhas cidades europeias favoritas.

Olá Londres!

Não foi a primeira nem a segunda visita à cidade e confesso que, por esta altura, já a começo a conhecer quase como Lisboa. Mas, tal como qualquer outra capital europeia, Londres muda num piscar de olhos e há sempre coisas novas para ver. E embora tenha lá estado em outubro, foi uma visita de médico que mal deu para visitar a cidade. Mas então, o que visitei eu depois da última visita a sério em maio do ano passado (lembram-se?)?

Os restaurantes

Dishoom

Quando estive em Londres com a Primark, um dos nossos jantares foi no Dishoom de Carnaby Street – e não imaginam a quantidade de pessoas que me responderam aos stories a dizer que é o melhor indiano de toda a cidade. E é, é mesmo! Desta vez não jantei mas tomei o pequeno-almoço, no de King’s Cross, na última manhã antes de virmos embora. E posso dizer-vos que está simplesmente incrível. A regressar, sem dúvida.

The Breakfast Club

Repetir cromos nunca é demais, certo? Especialmente quando corre bem à primeira. Estive no Breakfast Club de Hoxton em maio do ano passado e sabia que, desta vez, teria que lá regressar. O amor pelo espaço (e pelas panquecas!) é tal que trouxe uma tshirt comigo e tudo. Para quando o TBC cá, huuummm?

Jusu Brothers

Fomos ao Jusu meio por acaso! Queríamos ir ao brunch do Farmacy mas estava uma fila imensa e, erro nosso, não marcámos mesa. Como ainda queríamos dar uma volta no mercado de Portobello e o tempo estava escasso voltámos para trás e ficámos pelo Jusu Brothers, onde comi uma salada de kale absolutamente deliciosa – daquelas que apetece repetir todos os dias em casa, sabem? yuummms!

As lojas

Artwords

Tenho que dar os créditos ao meu querido José, já que foi ele que me deu a grande maioria das recomendações de Shoreditch. Eu já tinha visto esta loja pelo Instagram dele e sabia que ia perder a cabeça. Uma loja cheia de revistas cool, com vários livros e onde queremos deixar todo o ordenado! Claro que trouxe algumas revistas comigo né… quem resiste?

Modern Society

Ainda em Shoreditch, foi aqui que perdi a cabeça – não porque gastei demasiado, porque até nem gastei, mas porque queria ficar nesta loja para sempre. Imaginem uma verdadeira concept store, onde a mezzanine vende roupa, revistas e acessórios, e a entrada da loja tem um café super cool cheio de cristais à venda. Perdi imenso tempo a namorá-los e acabei por trazer duas ametistas enquanto pensava no quão feliz seria se ficasse por ali a trabalhar todos os dias… ufff.

Goop

Com a mente da Gwyneth Paltrow a magicar todo este conceito, a plataforma Goop abriu uma pop up store em Londres, perto de Notting Hill. É tudo demasiado caro, demasiado bonito e faz-nos querer gastar demasiado. Entre roupa, maquilhagem, perfumes, há até o seu famoso cristal rosa que é suposto usarmos como um tampão para revigorar o nosso interior… estranho, no mínimo. E muito caro! Mas vale a pena a visita porque a loja é uma lindeza!

Os locais

Carnaby Street

É sempre dos meus sítios favoritos em Londres, especialmente nesta altura do ano. A última vez que estive por lá no Natal, apanhámos as decorações dos Rolling Stones. Desta vez, em sintonia com as salas de cinema, encontrámos uma decoração totalmente dedicada aos The Queen e à sua música Bohemian Rapsody. Dei por mim a percorrer a rua enquanto cantarolava a canção. Cresci com os Queen e foi, sem duvida, um feeling muito muito bom.

Tate Modern

Depois de várias vezes em Londres, é incrível como nunca tinha entrado no Tate. E embora desta vez tenha sido também só visita de médico, é daqueles sítios onde vale a pena ir nem que seja só nas zonas gratuitas – que são imensas e com muita coisa gira! Se só tiverem uma horinha para visitar o espaço, subam até ao último andar e contemplem a cidade desde lá de cima. Porque everything is gonna be alright!

Shoreditch

Desde o ano passado que esta zona mudou imenso. E se eu já a achava uma das melhores zonas da cidade, hoje em dia ainda está mais evoluida e mais gira. É, sem dúvida, o sítio mais hit do momento. Onde toda gente está, onde toda gente quer estar e onde tudo acontece. Perder um dia aqui é imprescindível – e regressar, sempre!

E quanto a nós, Londres… i’ll be back, as always!

Tags