Pode ser daquelas coisas da moda, mas a verdade é que o Sal dos Himalaias tem uma data de propriedades que só nos fazem bem. Depois de ouvir a Ju e a Lillian a afirmarem que este sal têm que fazer parte da alimentação diária, descobri uma nova função para ele.
Ao contrário do sal que habitualmente utilizamos, o dos Himalaias é muito mais puro e livre de toxinas. E a Comfort Zone utiliza todas essas vantagens a seu favor. Além de um ritual de tratamento com uma massagem de sal – que vou testar no próximo fim-de-semana! -, têm ainda este saquinho de sal que é óptimo para as dores musculares.
Ora, quem me conhece sabe que eu sou um desastre ambulante. E confesso que ando há uns meses (para sermos coerentes, há uns anos que vai e vem) com as minhas omoplatas feitas em papa. E não é que o sal dos himalaias ajuda também nestas dores? Aquecendo este saquinho de sal no forno, durante 15 minutos, faz maravilhas quando aplicado no músculo.
Dizem ter um poder de reequilíbrio mental e corporal. Não sei se assim é ou não, mas a verdade é que melhora muito. E estou a render-me a este sal… Afinal, é tudo de bom, certo?