Eu gosto de modas, é verdade. Gosto de seguir as tendências e de perceber o que está na berra. Mas também gosto do meu estilo, do meu conforto e de me guiar pelo que eu gosto e não pelo que as modas ditam. Gosto do meio termo.
Mas a verdade é que nos últimos tempos tenho me rendido. Comecei sempre por não gostar das tendências e acabei por ficar fã: as boyfriend jeans, as cullotes, as midi-skirts, os Stan Smith da Adidas e, agora, os granny shoes

Aqueles da COS – que foram e nunca mais voltarão – ficarão para sempre na minha wishlist. Desde que os vi nos pés da Xana que me caiu a ficha: gosto mesmo deles. E talvez seja esse o momento que mudou o chip na minha cabeça.
Saltos médios, com tacão largo, de biqueira arredondada e peito do pé também redondo. Podem não ser o típico granny shoe, mas é assim que eu os encaro. E é assim que eu gosto deles. E algo me diz que, mais cedo o mais tarde, os prateados da Uterque irão ser meus. É que gosto mesmo deles.

Tags