Termino 2017 fechando o ano com chave de ouro, no campo da beleza! À semelhança do ano passado, resolvi juntar os meus favoritos de todo o ano e compilar tudo num só artigo.

Tenho que confessar: foi um ano agridoce em que não testei assim muita coisa e me habituei a usar sempre os mesmos produtos. Embora goste de testar várias coisas ao longo do ano, apercebi-me que fiquei muito presa aos mesmos produtos durante boa parte dos meses de calor. E nada errado nisso, mas… Sinto que usei tudo isto praticamente todo o ano.

Ainda assim, são 24 os produtos que vos trago como favoritos. Estão prontos para me acompanhar nesta jornada? Dividi em três fases para ser mais fácil: beleza, maquilhagem e batons (sim, merecem uma categoria única!) e começamos com…

Beleza

// Tónico em gel British Rose da The Body Shop
Foi difícil atinar com a utilização deste produto, mas já percebi que a minha pele gosta dele de qualquer fórmula. Com pétalas de rosa na sua constituição, deixa a minha pele super hidratada quer o deixe ficar a atuar na pele ou o retire logo em seguida. Uso todas as noites como penúltimo passo na minha rotina de limpeza e não o poderia recomendar mais.

// Óleo de limpeza Midnight Recovery da Kiehl’s
Confesso que não sei quando foi a última vez que utilizei água micelar para retirar a maquilhagem. Habituei-me à facilidade e ao resultados dos óleos desmaquilhantes de tal forma que já não me desmaquilho de outra forma. Há anos que namorava este óleo da Kiehl’s e aproveitei um desconto algures ao longo do ano para o comprar. É, sem dúvida, o melhor que algum dia experimentei. Super leve, com uma textura nada gordurosa e que teria a maquilhagem toda sem qualquer esforço! Tenho a certeza que o vou voltar a comprar assim que termine.

// Gel de limpeza Milky Jelly da Glossier
Preparem-se… Este é apenas o primeiro dos vários produtos Glossier que vão aparecer nesta lista. Mas é, sem dúvida, um dos que está no meu top 3. Costumo utilizá-lo depois de me desmaquilhar, como o segundo passo da limpeza do rosto e antes do tónico de rosa da TBS. É aquele último passo de limpeza que me deixa mesmo sem qualquer pingo de maquilhagem e com a pele super sedosa e hidratada.

// Bálsamos de lábios balm dot com da Glossier
Este ano decidi pôr todos os meus hidratantes de lábios num pote e percebi que tenho mais do que deveria na realidade ter – até porque estas coisas têm todas prazos de validade após abertos e algo me diz que não os vou usar a todos. Mas é inevitável: estes são aqueles em que agarro mais frequentemente, principalmente o birthday e o rose! Tenho, quase sempre, um deles na minha mala. Super hidratante, nada pegajoso e com um toque de cor/brilho nos lábios.

// Champô de limpeza da Shu Uemura
Dediquei um post apenas a esta gama! Desconhecia totalmente que existem champôs de limpeza… E depois de perceber que utilizava mais quantidade do que seria necessário para limpar o cabelo, só este champô voltou a dar vida ao meu cabelo. Não o uso em todas as lavagens mas, alternando com o meu de rotina, deixa o meu cabelo bem soltinho e novamente brilhante. É uma maravilha!

// Fluído Matificante Vinosource da Caudalie
Queridinho de sempre, sempre, sempre. É o meu hidratante de rosto favorito de sempre e há meses que não o usava. Depois de uma fase mais chata da minha pele, percebi que estava na altura de regressar ao meu porto seguro. E lá estava ele à minha espera… Com a dose de hidratação certa, enquanto matifica o meu rosto. Querem melhor?

// Perfume Mon Paris da YSL
Descobri-o e apaixonei-me em 2016. E tornei-o uma constante em 2017 – de tal forma que acabei com três frascos, acreditam? Creio que encontrei mesmo o meu cheiro, depois de anos a alternar de perfumes, e é daqueles que tenho que ter sempre na minha prateleira. Até porque o frasco é o maior amorzinho.

// Perfume L’eau Bleue da Miu Miu

Mas este foi o meu backup sempre que o Mon Paris acabou ou estava mais pertinho do fim. A verdade é que tenho a sorte de poder variar entre alguns perfumes, todos os dias. Mas descobri que este é um óptimo segundo amor. É fresquinho, tem aquele aroma de fundo muito semelhante ao primeiro Miu Miu e dura imenso na minha pele. Adoro! 

SHOP THE POST



Maquilhagem

Entramos na minha parte favorita: a maquilhagem! E este foi um ano de muito boas novidades. Começando pelo rosto.. 

// Base Luminous Silk da Giorgio Armani
Uma base levezinha, que me dê a cobertura que eu quero, sem transferir e com aquele glow de saúde que amamos? É esta, sem qualquer sombra de dúvidas. Há anos que lhe conhecia a fama e agora entendo perfeitamente porque é que é tão aclamada. É, sem dúvida, aquela base a que mais recorro todas as manhãs!

// Base Teint Idole em stick da Lancôme
E se quero um pouquinho mais de cobertura mas ainda com uma textura leve e de fácil aplicação, escolho este stick. Ao contrário das tradicionais bases neste formato, a Teint Idole em stick é uma réplica exacta do quão boa esta base é em líquida (que também poderia estar aqui, na verdade!). De muito fácil aplicação, não seca nada o meu rosto e consegue dar-lhe o tal brilho, mesmo tendo uma cobertura extra.


// Corrector All Hours da YSL
Este foi, sem dúvida, o ano dos correctores! E prova disso é que tenho três diferentes nesta lista… Todos com funções diferentes e com motivos diferentes para os amar! Este é o único líquido e é aquele a que recorro quando preciso de uma cobertura extra, depois de uma noite mal dormida, ou quando preciso de me despachar. Aplicar produtos líquidos é sempre uma vantagem nas manhãs mais corridas. E como o nome indica, ele dura mesmo all hours. Ou pelo menos todas as horas que preciso que ele dure. Mas, embora seja de alta cobertura, tem uma luminosidade que não seca a olheira e deixa o olhar sempre com um ar bonito.

// Corrector Stretch Concealer da Glossier
Mas se falamos em correctores iluminadores, este é o the one! Quando quero uma maquilhagem natural, que me deixe o olhar iluminado mas sem olheiras, sei que este é o que vou usar. No entanto, por ser tão hidratante, tenho o hábito de aplicar mais do que o suposto e acaba por transferir um pouco da máscara de pestanas. Mas my mistake!

// Corrector Boing Airbrush da Benefit
E o corrector que mais rápido algum dia terminei. Acho-o semelhante ao da Glossier, mas com uma textura diferente. Menos hidratante mais de maior duração e muito fácil de aplicar. Acumula um pouquinho mais que os outros dois mas é, sem dúvida, algo que dura bastante nos meus olhos.

// Máscaras de pestanas Faux Effet & The Shock da YSL
Desconhecia totalmente o milagre que são as máscaras da YSL. Continuo a ter a Velvet Noir da Marc Jacobs como minha favorita – isso é ponto assente. Mas a YSL tem máscaras de pestanas tão boas e eu acho que não têm, de todo, o hype que deveriam ter. Estas duas têm o mesmo resultado – e que eu amo – pestanas densas desde a raiz, separadas e com imenso volume. Parece que tenho o triplo das pestanas que tenho, ficam super longas e sem qualquer tipo de produto acumulado. Só tenho pena que já estejam ambas a secar… Porque estão mesmo no meu top de máscaras.

// Blush Cloud Paint da Glossier
Será que ainda preciso de falar deste tubinho de maravilha? Não sei quantas vezes já por aqui disse que esta foi, sem dúvida, a minha melhor descoberta de maquilhagem deste ano. Conto pelos dedos de uma mão as vezes que usei um blush que não este. É super concentrado e tão mas tão fácil de aplicar! Já para não falar que os tons duram o dia inteirinho no rosto e são super flatering! Não podia gabar mais estes blushes!

// Iluminador Haloscope da Glossier
Iluminação natural, com aquele ar de pele molhada e recém beijada pelo sol? É com este iluminador. Um stick com uma textura bem cremosa que deixa a pele com um ar lindo e com um brilho que não consigo com mais nenhum iluminador. É subtil mas super super super eficaz!

// Iluminador Eclipse do Jefree Star x Manny MUA
O meu primeiro produto Jefree Star! E claro, amante ele de iluminador, este é daqueles que cega qualquer pessoa a uma boa distância de nós. Cheio de reflexos de luz e com um fundo meio arroxeado, é um iluminador gigante que me vai durar muito e muito tempo. É o que uso quando sei que quero aquele brilho inesquecível.

// Gotas iluminadoras Lustre Drops no tom Pink Rebel da MAC
E este tornou-se o meu iluminador do dia-a-dia. Infelizmente foi descontinuado – foi a Julia Petit que o trouxe novamente à luz do dia quando lançou a sua colecção – mas creio que existem alguns semelhantes na MAC. É um iluminador líquido que também dá aquele efeito meio molhado mas que seca (ao contrário do da Glossier) e fica bem brilhoso num tom cor-de-rosa com um laivos dourados. É simplesmente lindo enquanto dá aquele ar bem natural no rosto.

SHOP THE POST


Batons

As divisórias da minha gaveta dos batons partiram-se há uns dias… E isso levou a que eu tivesse que reorganizar tudo e separá-los novamente por tons. Já que o estava a fazer, porque não contá-los? São apenas e só… 228 batons! Duzentos e vinte e oito batons. Conseguiria viver mais de meio ano com batons diferentes todos os dias. E, por isso mesmo, acho que merecem uma categoria exclusiva neste post.


// Vic Ceridono para a MAC
Ainda preciso de falar sobre este queridinho? Foi de tal forma amor que ainda o guardo dentro do cartão só pela lindeza da coisa. Dediquei-lhe todo um post que merece ser relido. Um vermelho bem profundo e que fica lindo nos lábios!

// Retro Matte Liquid do tom Feels so Grand da MAC
Mas é este o vermelho que me rouba todos os elogios. Não há dia que não use este batom e que alguém não me pergunte que batom estou a usar e que cor é esta. Como tem um fundo mais azulado, fica óptimo em peles como a minha, bem clarinha, e cabelos mais escuros. É o tipo de cor que me favorece e adoro especialmente este. A fórmula é óptima e o facto de ter um aplicador em lágrima facilita imenso a aplicação. Batons vermelhos querem-se direitinhos e isto ajuda imenso.

// Vice Liquid nos tons Backtalk e 714 da Urban Decay
Estes dois estão aqui pela sua qualidade. Lembro-me de partilhar pelo meu Instagram que o vermelho, o 714, aguentou um dia inteirinho nos meus lábios (com trabalho, refeições e uma noite de SBSR pelo meio) tendo que retocar apenas uma vez! Cheguei a casa já passava das duas da manhã e o batom estava praticamente intacto nos lábios. Além de serem duas cores que eu uso bastante e que gosto de ver em mim, têm uma qualidade e uma durabilidade inexplicável. Super recomendo esta gama!

// Matte Revolution no tom Pillowtalk da Charlotte Tilbury
Por último e para fecharmos com chave de ouro, o meu queridinho que veio de Londres em Maio. Quando estou a correr de manhã e não sei que batom quero levar comigo, é este que ponho dentro da mala. É super fácil de aplicar e tem aquele tom que eu sei que me favorece e que ficará bem com qualquer maquilhagem ou roupa que esteja a usar. É um nude quente, mais acastanhado e com uma textura óptima! Não dura todo o dia, é certo… Mas compensa pela cor e pela facilidade de aplicação! 

Ainda estão desse lado? 🙂 Partilhem comigo: o que é que adoraram mesmo em 2018?
SHOP THE POST