Os meus dias andam mais do que compridos… E mesmo assim, sinto que não consigo fazer tudo o que quero. Há tanta coisa para fazer, tarefas e obrigações a cumprir. Mas, ao mesmo tempo, não quero deixar de aproveitar este tempo primaveril que nos sabe tão bem. Confesso que estas imensas horas em frente ao computador têm sido uma enorme batalha. Se há dias que o faço sem esforço, há outros em que me absorve toda a energia possível…
Gerir o meu tempo começa a ser a palavra de ordem nestes dias. E não quero desperdiçar domingos assim, tão solarengos como o de hoje. A companhia foi óptima e o local perfeitamente escolhido. E mesmo só por umas horas, senti-me tão relaxada e tão desligada de tudo o resto… Como uma autêntica lufada de ar fresco. E é mesmo isto que eu preciso – dias bons em óptima companhia.