Se há uns meses atrás me dissessem que eu iria ficar viciada num bronzer, eu diria que seria impossível. Sempre associei o bronzer aquele ar de quem acabou de sair do solário, que tem muito pouco a ver com a minha tez bem clarinha (para não dizer pálida). Ou então, era eu que não tinha perdido o tempo suficiente para saber como aplicar um bronzer em condições. Até chegar o Laguna da NARS.

Este post da Maria fez milagres para mim e, o certo é que, agora o bronzer fica aplicado de forma tão discreta que nem me lembro que o estou a usar quando me vejo ao espelho. Aliado a isto, encontro a base perfeita para a minha pele – a Correcteur Invisible da Eisenberg *. É uma base que protege as peles mais claras, dando-nos uma tez mais iluminada e mais bonita. Além disso, tem um SPF 25 PA +++ óptimo não só nos dias de verão, com uma protecção máxima que devemos ter em conta também no Inverno. Como se não bastasse tem ainda uma fórmula Trio-Molecular Anti-Idade e é Oil Free. Querem melhor que isto? 

Esta combinação já me deixou rendida e a prova disso foi resistir de forma intacta a um dia inteiro de casamento. A pele manteve-se flawless e sempre com um aspecto saudável, iluminado e bonito. E como se costuma dizer que em equipa perfeita não se mexe, acho que estes dois serão os meus melhores amigos nos próximos tempos!

Tags