Embora estas fotografias tenham sido feitas durante a semana, olho para elas e só me levam a manhãs como as de hoje. Há melhor que as manhãs de fim-de-semana?

Ainda há uns dias falava com um amiga do quão eu sou uma pessoa de dia! Durante os anos de faculdade tornei-me demasiado noctívaga. É certo que o meu rendimento para estudo ou trabalho é muito maior durante a noite. Concentro-me mais facilmente, trabalho com mais afinco e sinto que o trabalho rende muito mais. E, por isso mesmo, tornei-me uma pessoa que vivia muito mais à noite, prolongando as manhãs de sono e levando a que houvesse demasiadas sestas. 
Com a entrada no mundo do trabalho, tudo muda. Os dias livres são aproveitados para levantar mais cedinho, para acordar com o sol a entrar pelo quarto e para aproveitar a calmaria das manhãs. Desejo sempre dias longos e aproveitá-los ao máximo. E, por isso mesmo, já não consigo fazer grandes ronhas nem ao fim-de-semana. É claro que um pouco de ronha matinal nunca fez mal a ninguém mas, mais do que nunca, quero acordar cedo e sentir que aproveito cada vez mais os dias.
E é isso mesmo que vos recomendo este fim-de-semana. Nada de ficar a vegetar. Levantem-se e preparem um bom pequeno almoço. Leiam um bom livro. Vão dar um passeio até à praia. Qualquer coisa, mas aproveitem melhor os dias. Bom fim-de-semana!