Tenho-me esforçado por sair da zona de conforto e apostar em peças que não sejam sempre pretas. Não me é fácil – nada fácil. O preto emagrece, funciona com tudo e combina com tudo o que tenho no meu armário. Mas vou descobrindo que também o nude combina facilmente com tudo.



Na maquilhagem há muito o que o nude tem primazia – e isso ajuda a construir o resto dos coordenados e a combinar tudo em harmonia.

Voltei ao Phyto-Lip Twist da Sisley e já não me lembrava o quanto gosto deste batom. Sou fã destes batons em lápis e esta gama é super hidratante e duradoura. Este é um nude com um ligeiro brilho, que funciona perfeitamente no dia-a-dia. Nas bochechas, o dupe dos Hourglass – o Baked Blush da Milani. Este é no tom #02 Rose D’Oro, um coral com alguns brilhos que deixa o rosto bem iluminado.


Na roupa já não é tão simples e a primazia é cedida aos tons escuros. Mas é fácil coordenar tons mais neutros, sem que perca o tom mais escuro nas restantes peças. 
Estes Calções Curtos da H&M (lembram-se deles neste post?) vão ser uma das minhas apostas do verão e ficam super bem quando combinados com uma blusa fluída preta. Os Bluchers da Pull & Bear foram um super achado no Freeport e já se tornaram nuns favoritos dos últimos dias. São pele, com um formato que eu adoro e num tom bom para ir variando.

Tags