Depois de dias de ansiedade para ter as fotografias na minha mão, aqui estão elas. E embora me apetecesse mostrar vos os três rolos de uma só ver – tal não é o encanto pela cidade – vou fazê-lo em três vezes. Um post por cada dia em Londres, um post por cada rolo usado. E acreditem, visto pelos olhos da analógica, até parece ter mais encanto! Toda a “reportagem” destes dias será feita como fotografias analógicas, da minha Zenit ET-3.
Graças ao Interpass Club consegui matar as saudades que tinha de Londres e aproveitar para ver tudo o que tinha ficado para ver há (quase) três anos. Mas desta vez, a Beatriz foi a minha companhia. E digo-vos, não podia ter tido melhor companhia, que planeou todos os dias, todos os locais ideais a visitar e todas as lojas onde tínhamos de ir. And guess what? Acertou em cheio em tudinho.
1. Iluminações de natal em Oxford Street // 2. Regent Street // 3. Liberty // 4. Carnaby Christmas. It’s only rock&roll! // 5. Táxi em Regent Street // 6. Iluminações de Natal em Carnaby Street // 7. Cheap Monday em Carnaby Street // 8. & 9. Piccadilly Circus // 10. Piccadilly Circus Underground
Sexta-feira, dia 14 de Dezembro e lá íamos nós. Chegadas a Londres às 14h, fizemos o máximo por aproveitar o resto do dia. Londres é daquelas cidade em que anoitece às 16h30, ou seja, não nos restavam muitas horas de luz. Resultado: aproveitar para ver o centro da cidade e ir a tudo quanto era lojas. E se esta zona, por si só, já é bonita, com as iluminações de natal ainda ganha mais encanto. Oxford Street, Carnaby Street, Regent Street, Piccadilly Circus… Topshop, Selfridges, Office, Liberty, Whittard, Boots, Johnny Cupcakes…! O plano ideal para gastar dinheiro e perder a cabeça! 
Claro que percorremos tudo isto de metro, já que estávamos na Central Line. Na cidade de Londres o metro é a forma mais acessível de viajar, já que têm uma rede de metro óptima, e conseguem fazê-lo por 9£ diárias, podendo utilizar o cartão as vezes que quiserem. Não compensa comprarem viagens unitárias, já que vos cobrarão 4£ por uma só viagem!… Mas no fundo, não há nada como fazer estas ruas a pé, enquanto se deliciam com as montras das fabulosas lojas que há de metro a metro. Mas isso logo ficará para outro post. Isso e muito mais!