A duas semanas dos vinte cinco anos, está na altura de puxar pela veia materialista e fazer a tão habitual lista desta altura.

Posso dizer-vos que quero o habitual: quero saúde, trabalho e realização para todos os que me rodeiam. Estou num momento, na minha vida, que só quero é estar bem e guardo as chatices na gaveta. Por isso mesmo, é claro que quero tudo de bom para mim e para os que me são mais próximos ao coração.
Mas sim, também quero aquele blusão da Zara, que não tenho nenhum naquela cor! Quero o trio de bolsas da Furla mas dentro daquela mala da Miami Collection da Bimba Y Lola. E lá dentro pode vir também aquele bronzer maravilhoso Phyto-Touché da Sisley. Quero dar as boas vindas ao verão com idas à praia com a Futah debaixo do braço e a cheirar ao Sol da Bahia da Lancaster, e com finais do dia na esplanada e de New Balance coloridos nos pés. E claro, vou querer fotografar tudo de forma instantânea, com a Instax Mini 8 da Fujifilm
Mas este ano, finalmente, o desejo mais alto está concretizado. Irei, finalmente, pisar solo Parisiense e comemorar este quarto de século na melhor das companhias. Vou querer correr as lojas, as boulangeries e todos os jardins. Vou gastar (parte, vá!) das poupanças naquelas marcas que não encontramos por cá e passear-me de orelhas da Minnie na cabeça. Vou gastar as solas dos ténis de tanto andar e vou ver a Torre Eiffel brilhar inúmeras vezes. 
Mas, acima de tudo, vou ser feliz em Paris. Conseguem perceber que está é das melhores prendas, right? E muito mais especial por ser de mim para mim.